Concerto da Camerata emociona público do 30º Festival de Música de Cascavel/PR

Google+PinterestLinkedInTumblr+

No encerramento do 30º Festival de Música de Cascavel, a Camerata Antiqua de Curitiba celebrou os seus 45 anos executando obras tradicionais do repertório do grupo. No domingo (21/7), com o Teatro Municipal Sefrin Filho lotado, foram apresentadas as composições Te Deum Laudamus de Luís Álvares Pinto e a Missa nº 2 em Sol Maior, ID 167 de Franz Schubert foram regidas pela maestrina Mara Campos.

O programa foi mesmo apresentado na abertura da Temporada 2019, na Catedral Basílica Menor Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, em Curitiba, em março deste ano. Solos da soprano Ana Paula Machado (PR), do tenor Sidney Gomes (GO/PR) e do baixo Cláudio de Biaggi (PR) completaram o concerto.

“Apresentar essas obras num evento tão importante e singular, não é apenas um resgate das obras tradicionais da Camerata, mas uma forma de resgatar esse patrimônio para todo público”, afirmou Marino Galvão Jr., diretor executivo do Instituto Curitiba de Arte e Cultura, órgão de administra o grupo.

“Um concerto emocionante”, disse o Secretário de Cultura de Cascavel, Ricardo Bulgarelli. “A Camerata não pertence a Curitiba e sim ao Paraná. A qualidade do grupo extrapola as fronteiras. Cascavel é uma fã e admiradora de todo esse trabalho!”, completou Bulgarelli.

O Festival de Música de Cascavel há 30 anos é referência na difusão da cultura para a população das regiões Oeste e Sudoeste do Paraná. A diretora geral do Festival, Giordana Galvan Lube, reafirmou a importância da Camerata no evento.

“A Camerata vem acrescentar qualidade. Quando o músico consegue superar a técnica a gente ouve música de verdade, e hoje foi exatamente isso. Músico de altíssimo nível encerrando esse belíssimo Festival, isso foi um presente maravilhoso!”

Nesta semana, o grupo participa ainda, pelo quarto ano consecutivo, do Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão, o maior festival de música erudita da América Latina.

Sob as batutas de Luís Otávio Santos, a Camerata se apresenta no dia 27/7, na serra paulista, em Campos do Jordão e na sede da Orquestra do Estado de São Paulo, na Sala São Paulo, no dia 28/7.

No Programa Dixit Dominus, de Georg Friedrich Händel (1685-1759), composta em homenagem à Virgem de Monte Carmelo em 1707. A peça, escrita por Händel durante uma temporada em Roma, utiliza-se do texto em latim do Salmo 110.

Um tour especial levará amantes da música barroca para assistir o concerto da Camerata Antiqua de Curitiba, na Sala São Paulo, na capital paulista.

A viagem parte de Curitiba no sábado (27/7) às 6h e retorna no domingo (28/7) às 13h30. Passeios pela capital paulista também foram programados. A contratação do pacote é feita pelo link: https://www.sympla.com.br/camerata-antiqua-de-curitiba-na-sala-sao-paulo__584679

Fonte: Diário Indústria & Comércio

 

Compartilhe.

Deixe uma resposta

6 − cinco =