Orquestra Sinfônica da Unicamp e Ópera Estúdio apresentam ‘Gianni Schicchi’, de Giacomo Puccini, em Paulínia/SP

Google+PinterestLinkedInTumblr+

Nos dias 23 e 24 de maio, às 20h, no Theatro Municipal de Paulínia, a Orquestra Sinfônica da Unicamp e o Ópera Estúdio Unicamp apresentam a ópera “Gianni Schicchi”, de Giacomo Puccini.

Gianni Schicchi é uma ópera cômica em 1 ato, de Giacomo Puccini, com libreto de Giovacchino Forzano, baseado no Canto XXX do Inferno, da Divina Comédia de Dante Alighieri. Na história, Buoso Donati morre e deixa em testamento toda sua fortuna para igreja. A família, cobiçando a herança, chama Gianni Schicchi para se passar pelo morto e alterar o testamento. Todos estão cientes de que a pena para esse tipo de crime é o exílio de Florença e o corte da mão direita. Imitando o falecido, Schicchi dá um golpe em toda a família e deixa os bens mais preciosos para si mesmo.

Esta montagem é uma parceria entre a Orquestra Sinfônica da Unicamp e o Ópera Estúdio Unicamp.

Será oferecido o recurso de Audiodescrição para aqueles que desejarem. Consiste em uma narração dos detalhes das cenas e resumo das legendas, transmitida em fones individuais a partir da cabine de técnica do teatro. Primeiramente pensado como um recurso de acessibilidade para pessoas com deficiência visual, para a ópera Gianni Schicchi, será aberto ao público em geral, com prioridade ao público com deficiência, mediante reserva. A reserva do serviço dá direito a uma entrada gratuita para o usuário do equipamento e um acompanhante, até o limite de equipamentos disponíveis, e deve ser feita pelo telefone (19) 3521-6506 ou pelo e-mail acessart@unicamp.br, com a equipe do Projeto de Recursos de Acessibilidade do CIDDIC.

Criado em 2012, o Ópera Estúdio Unicamp é formado por estudantes de canto e jovens cantores de cursos de graduação e pós-graduação, tem desenvolvido atividades pedagógicas em canto e atuação, de performance nas montagens de óperas e de pesquisa e tem sido um laboratório para projetos do Programa de Pós-graduação em Música do Instituto de Artes da Unicamp.

A Orquestra Sinfônica da Unicamp (OSU) é um corpo artístico profissional, mantido pela Universidade Estadual de Campinas, que está vinculado ao Centro de Integração, Documentação e Difusão Cultural da Unicamp (CIDDIC). Fundada em 1982, a OSU realiza concertos, óperas, gravações, espetáculos multimídia, programas de educação e formação de público, música de câmara, atuando paralelamente como laboratório de pesquisa em criação e performance musical. Seus projetos também incluem o Fórum Gestão Orquestral e Compromisso Social, que tem por objetivo a atualização de líderes e gestores do meio sinfônico, e o Projeto Identidade, Música e Arquitetura, em parceria com o Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB), que leva música e história aos prédios e espaços públicos da cidade de Campinas.

Em 2010, lançou o seu primeiro CD, intitulado “Novos Universos Sonoros”, com patrocínio da Petrobras, que reúne obras inéditas de compositores brasileiros, escritas para orquestra e grupos de câmara. Gravou, em 2013, o CD “Panorama da Música Brasileira Vol. 1” e, em 2018, o CD “Teuto-brasileiro”, contemplado pelo edital FICC.

Em parceria com o Ópera Estúdio Unicamp, o Coral Contemporâneo de Campinas e Coral Unicamp Zíper na Boca, fez a montagem das óperas “As Bodas de Fígaro” (2014), “Don Giovanni” (2015), “O Empresário” (2016) e a “Flauta Mágica” (2017), de W. A. Mozart, e ainda pilares do repertório romântico, como “O Elixir do Amor” (2016) de Gaetano Donizetti e “La Traviata” (2018) de Giuseppe Verdi.

Paralelamente a obras do repertório lírico tradicional, a OSU também realizou a estreia da ópera multimodal “Descobertas” de Jônatas Manzolli, em 2016, e a montagem da ópera barroca “Les Plaisirs de Versailles”, contemplada no edital FICC em 2012. Com a produção da “A Flauta Mágica” em 2017, a OSU realizou a primeira ópera com recursos de acessibilidade da Região Metropolitana de Campinas. (Carta Campinas com informações de divulgação)

“Gianni Schicchi” – ópera em 1 ato, de Giacomo Puccini
23 de maio, quinta-feira, 20h
24 de maio, sexta-feira, 20h
Theatro Municipal de Paulínia
Ingressos: R$25,00 (inteira) e R$12,50 (meia entrada)
À venda em breve pela Alpha Tickets.

Orquestra Sinfônica da Unicamp
Ópera Estúdio Unicamp
Tiago Roscani, direção musical e regência
Felipe Venancio, direção cênica
Angelo Fernandes, direção geral
Elenco (Ópera Estúdio Unicamp):
Buoso Donati: Gabriel Delicato
Gianni Schicchi: Willian Donizetti
Lauretta: Isabelle Dumalakas/Rebeca Oliveira
Rinuccio: Ramon Mundin
Zita: Nina Piedade
Simone: Leandro Cavini
Betto: Heitor Coelho
Nella: Maria Rúbia Andreta/Sarah Nicoli
Gherardo: Vinícius Cestari
Gherardino: Isabelle Dumalakas/Rebeca Oliveira
Ciesca: Beatriz Esposito/Lara Ramos
Marco: Daniel Luiz
Maestro Spinelloccio: Matheus Coelho
Amantio di Nicolao: Matheus Coelho
Pinellino: Vitor Italiani
Guccio: Weverton Silva

Fonte: Carta Campinas
Compartilhe.

Deixe uma resposta

12 − 2 =