Paul Rutman, Sônia Muniz e Marcelo Okay se apresentam em recital nesta sexta-feira (12) no Teatro Celina Queiroz, em Fortaleza/CE

Google+PinterestLinkedInTumblr+

O XXI Festival Eleazar de Carvalho promove, nesta sexta-feira (12), o recital de piano do americano Paul Rutman e o recital de canto do tenor Marcelo Okay, que será acompanhado no piano pela musicista Sônia Muniz de Carvalho, diretora do festival e viúva do maestro Eleazar de Carvalho. A apresentação tem início às 20h, no Teatro Celina Queiroz (Av. Washington Soares, 1321 – Edson Queiroz, Fortaleza/CE). A entrada é gratuita.

Com passagens pelas mais famosas salas de concerto do mundo, o pianista Paul Rutman apresentará em seu repertório clássicos como as três Sonatas de Domenico Scarlatti; Prelúdio, Fuga e Variação opus 18 de César Frank e L’lesle Joyeuse de Claude Debussy.

Já Marcelo Okay, acompanhado pelo majestoso piano de Sônia Muniz, fará o recital de canto “Franz Schubert e Compositores Franceses” e incluirá uma seleção de peças de Érik Satie, Claude Debussy, Francis Paulenc, Robert Stolz, entre outros.

Sobre Sônia Muniz e Marcelo Okay

Uma das mais versáteis musicistas brasileiras, Sônia Muniz já se apresentou como recitalista, camerista e solista de orquestra, incluindo as orquestras nacionais da Polônia e Argentina, a da Bayerische Rundfunck, em Munique, e L’Amoureux, na Salle Pleyel, em Paris. Apresentou-se em diversos países da América Latina, América do Norte e Europa. Foi professora da Escola Municipal de São Paulo desde o ano de sua fundação. É formada pela Academia de Viena e pós-graduada pela Universidade de Hartford (EUA).

Brasileiro neto de chineses, Marcelo Okay foi aluno de piano de Sônia Muniz e, através do Festival Eleazar de Carvalho, conseguiu uma bolsa para estudar música na Áustria. Lá acabou por estudar canto, tornando-se tenor. Hoje é professor de música na Franz Schubert Konservatorium (Áustria).

Sobre Paul Rutman

Paul Rutman é nova-iorquino e professor na Hartt Scholl of Music, na Universidade de Hartford (EUA). Estudou piano com a esposa do célebre pianista russo Simon Barere e, posteriormente, estudou em Viena com Robert Goldsand. Já se apresentou nas salas de concerto mais importantes do meio artístico, tais como Carnigie Hall, Orchestra Hall, Los Angeles Ambassador Auditorium, The Great Hall (Moscou) e Theatre des Champs Elysées (Paris).

Também já foi solista de importantes orquestras, entre elas a Orquestra de Moscou, Saint Petersburg, Amsterdan, Paris O.R.T.F. e Filarmônica de Bruxelas. Rutman é premiado no importante Concurso Tchaikovsky, em Moscou. Tocou com a Orquestra Sinfônica do estado de São Paulo (Osesp) no período em que Eleazar de Carvalho foi seu diretor artístico e maestro titular.

XXI Festival Eleazar de Carvalho

O XXI Festival Eleazar de Carvalho foi aberto no último dia 30 de junho e segue com programação diária até o próximo dia 21 de julho. Os concertos de música clássica são gratuitos e acontecem à noite, sempre às 20h, no Teatro Celina Queiroz. A entrada é gratuita.

O evento é uma parceria entre a Fundação Eleazar de Carvalho e a Fundação Edson Queiroz. Nesta edição, o Festival recebe aproximadamente 300 jovens músicos, que durante três semanas ficam imersos em aulas diárias com professores de renome nacional e internacional. Os cursos incluem regência coral, regência orquestral, instrumentos de cordas, sopros, percussão, canto e piano.

Programação completa em: https://unifor.br/

Fonte: G1

Compartilhe.

Deixe uma resposta

20 − dezenove =